#Especial | Saco De Ossos (Bag of Bones)

O livro

TÍTULO: SACO DE OSSOS

AUTOR: STEPHEN KING

TÍTULO ORIGINAL: BAG OF BONES

PÁGINAS: 392

EDITORA: SUMA DE LETRAS

SKOOB


“Se comparado ao mais tedioso dos seres humanos vagando pela face da terra e projetando sua sombra, o personagem mais brilhante em um romance nada mais é do que um saco de ossos.” – Thomas Hardy, escritor inglês.

A citação anterior foi utilizada por Stephen King para dar título ao seu livro. Fã da literatura inglesa ele criou em Saco de Ossos uma obra-prima sobre luto, segredos e fantasmas.

Lançado em 1998 a narrativa sobre o famoso escritor mainstream Michael Noonan que perde sua amada esposa (grávida) Jo. Preso na dor da perda e em um bloqueio criativo decidi mudar-se para a casa do Lago Sarah Laughs na expectativa de mudanças.

Começa a utilizar seu estoque de romances de gaveta para manter seu nome na lista dos mais vendidos ao mesmo tempo em que conhece a jovem Mattie Devore e sua filha Ki. Apaixonado ele entre na luta pela custódia de Ki enfrentando o sogro de Mattie.

Racismo, estupro e assassinato arrastam Michael junto com o fantasma de Jo e de possíveis traições cometidas por ela. Sara Tidwell, uma cantora desaparecida, também está presente na casa do lago como fantasma residente e conta com a ajuda de um Michael desestabilizado e ameaçado de morte.

É considerado pela maioria (ou não) dos fãs de King – inclusive minha pessoa – como um dos melhores títulos já produzidos por ele.  Jorge Candeias, escritor e tradutor português tem uma opinião muito semelhante a minha: “É um calhamaço de 570 páginas que só melhoraria com menos aí umas 200.” (Falando sobre a edição de Portugal)

Minha teoria geral é que a parte cansativa da obra sintetiza a melancolia e o desenvolvimento que o personagem principal tem que passar para acostumar-se com a viuvez, solidão e sentimento de tristeza mesmo que isso não dissipe a culpa do autor.

Entretanto dos treze títulos que eu já devorei considero esse o melhor. :D

A minissérie

180 minutos de cidadezinha interiorana nos Estados Unidos que sofre de uma maldição e é cercada por segredos. Não é primeira vez que isso acontece com as criações do titio King…

O diretor Mick Garris é o responsável pela adaptação, ele carrega no currículo outros títulos de King como O iluminado, Desespero, Montado na bala e Dança da Morte. Produzido pelo canal A&E ao custo de 15 milhões de dólares e a presença de Pierce Brosnan como Michael Noonan.

A produção lançada diretamente para televisão teve um enfoque fiel ao livro, trabalhando bem e de maneira lenta a dramaticidade que era a essência da obra. Tudo bem que um pouquinho de sustos a mais não faria mal a ninguém e o fim cliché bem que poderia ter um toque de inovação.

Para uma tarde de sábado é bom convite. E como sempre, no final das contas, a gente só pode dizer se valeu a pena depois de ter visto.

Veja o trailer:

Anúncios

3 comentários sobre “#Especial | Saco De Ossos (Bag of Bones)

Comente! Sua opinião/crítca/sugestão é muito importante para nós!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s