#SessãoPipoca | “HISTÓRIAS CRUZADAS”: algumas vidas domésticas.

Por que não falar sobre segregação racial? Com vocês, o indicado ao prêmio Academy Awards (o popular Oscar) de melhor filme, Histórias Cruzadas.

DADOS:

NOME: Histórias Cruzadas (The Help)

DIRETOR: Tate Taylor (ator em Inverno da Alma)

ROTEIRISTA: (baseado num romance de) Kathryn Stockett

ESTRELANDO: Emma Stone (A Mentira); Viola Davis (Confiar); Octavia Spencer (Sete Vidas); Bryce Dallas Howard (A Saga Crepúsculo: Eclipse);

SINOPSE:

A história gira no estado do Mississipi/EUA (um dos estados mais racistas do país) em torno da década de 60, durante (de novo) os movimentos dos direitos civis. A jovem Skeeter, aspirante a escritora, é uma jovem meio indignada com a forma como as empregadas (todas negras) são tratadas na comunidade. Como é dito no filme, elas criam os filhos das patroas e são geralmente amadas, mas não podem ao menos usar o mesmo banheiro. Hilly, amiga de Skeeter, é totalmente o oposto: está apoiando a cada vez maior segregação racial.

Histórias Cruzadas (imagem do filme)

A protagonista então, estimulada por uma editora a escrever algo que a motive, decide juntar histórias das domésticas e montar um livro para criticar o preconceito sofrido por aquelas pessoas. Um livro chamado “A Resposta“, contando inicialmente com o apoio apenas de Aibileen e Milly.

Contudo existe um problema: serão necessárias (no mínimo) uma dúzia de empregadas. Como convencê-las a contar suas histórias para publicar o livro sem que a comunidade branca as faça pagar caro por isso?

 ANÁLISE:

ROTEIRO – Perfeito. Gostaria que a cultura/ritual do cinema fosse diferente só pra eu poder aplaudir o filme no final (sério!). Ele tem 150 minutos (duas horas e meia) e não se tornou cansativo em momento algum. Ouvi na saída as pessoas falando: “Já são onze horas?!”. Com uma grande dose de humor muito bem bolado, drama, uma crítica social extraordinária e uma história fantástica; Kathryn Stockett merece nada mais que aplausos, muitos aplausos. Me apaixonei pelos personagens, todos eles. São muito bem estruturados.

Histórias Cruzadas (imagem do filme)

FOTOGRAFIA – Básica, mas suficiente. Os enquadramentos são bons e possui umas tomadas bem bonitas, mas não há nada a ser ressaltado.

ATUAÇÃO – Ótimas. Eu gosto pra caramba da Emma Stone e dos filmes dela, acho uma ótima atriz. A Bryce Dallas Howard (que me lembrou muito a Kristen Bell) também é ótima, assim como a Viola Davis e todas as outras atrizes.

OPINIÃO SINCERA: não assisti aos outros ainda, mas já tenho um escolhido pra torcer no Oscar (será que eu vou mudar de opinião?). Recomendo e recomendo MUITO!

E como sempre, pra quem gosta de wallpaper:

Anúncios

Um comentário sobre “#SessãoPipoca | “HISTÓRIAS CRUZADAS”: algumas vidas domésticas.

Comente! Sua opinião/crítca/sugestão é muito importante para nós!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s