#EuCriei | O Abandono do Amor

Entre amigos, colegas de classe, companheiros de trabalho, desconhecidos, já ouvi muitas, muitas e muitas vezes a frase: “Eu preciso esquecer aquele amor”.

Aí eu penso: Esquecer pra quê? O amor é algo tão lindo, sublime e tempestuoso. Pra quê jogar algo assim fora?

Muitos responderiam: Ele me fez sofrer, chorar, despedaçou meu coração. Não quero tê-lo em meu peito de novo.

Digo de novo: Mas e aí? A vida não é feita de erros e acertos? E os bons momentos que você passou com a pessoa amada. Vale mesmo a pena jogá-los fora?

E entra, nesse exato ponto, a questão.

Nos dias atuais, o que mais vemos por aí, são pessoas desiludidas amorosamente, que se relacionaram com alguém, amaram aquela pessoa e, pimba! Um dia tudo deu errado e, bom, o ser simplesmente deixou de acreditar na felicidade a dois.
Existem guerreiros e guerreiras que tentam mais uma, duas ou três vezes, e logo desistem.

Aí, muitos perguntam: Onde está o erro?

Simples, lembram-se da frase do começo do post? “Eu preciso esquecer aquele amor”?
Pois é, aí que mora o perigo. Muitos têm medo de sentir saudade, de chorar novamente por alguém, de ter o seu coração iludido e despedaçado.
Preferem optar pelo simples esquecimento, jogam todo aquele tempo que passaram amando, num canto escuro e escondido da mente. Esquecem-se.

O resultado?

A pessoa começa, simplesmente, a se tornar inalcançável. Para de querer encontrar uma Alma Gêmea, para de pensar em construir um ninho de felicidade. Esquece-se.

E então? Quando a pessoa certa aparece, disposta a amar, compartilhar e fazer o outro feliz, acaba sendo ignorada. Descaradamente.
Pelo simples fato de a pessoa ter se fechado para o amor.

E então, eu digo: Não queira esquecer um grande amor que não deu certo. Tudo tem um motivo em nossa vida.
Não queira bloquear a saudade. Ela faz bem, te lembrando dos bons momentos que você passou ao lado daquela pessoa. Deixe fluir, deixe seu coração livre. Não tranque-o com sentimentos de raiva, dor e ódio.

O amor pode machucar? Sim. É uma das coisas que ele faz de melhor.

Mas, ele também é capaz de curar, reerguer, purificar.

Jamais se tranque para ele, pois, quem sabe? Às vezes você perdeu um grande amor, mas outro já está vindo aí, um outro que você saberá cultivar, até que se torne lindo e grandioso.

Mas isso sempre dependerá de você. Apenas de você.
Por mais que o outro lhe ame. Se perceber que não há chance para o amor, uma hora desistirá e, você, sairá no prejuízo.

Esquecer, jamais. Nosso lado mais humano é esse. Ao enterrá-lo, estará enterrando sua humanidade, sua felicidade.
Superar, aí sim. Ao superar, você simplesmente conserva os momentos bons e, arquiva os ruins. Extraindo lições, para não cometer os mesmos erros do passado.

Se as pessoas, atualmente, não fossem tão fechadas para o amor. O mundo teria muito menos desiludidos e seria um lugar exponencialmente melhor. Realmente especial.

*-*

Wallpaper

Anúncios

9 comentários sobre “#EuCriei | O Abandono do Amor

  1. Cativante!!!!
    E o amor?…Ele persegue vc por toda sua vida e nós perseguimos ele!!!! hehehehe não tem pra onde correr!!!!

    Amei seu texto…bjs

  2. Renato!
    “Toda forma de amar vale a pena”…
    Concordo com você, não tem coisa melhor que amar… E quando o amor acabar, começa uma nova história de amor, porque podemos amar de várias formas e cada uma é diferente, mas será sempre amor…
    Cheirinhos
    Rudy

  3. Adorei o texto… eu penso da mesma maneira!!! Já tentei dizer isso para pessoas que desistiram, mas não tive muito sucesso… elas realmente se fecharam!

Comente! Sua opinião/crítca/sugestão é muito importante para nós!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s