#EuCriei | Crepúsculo – Por que Tantos Odeiam?

Ultimamente comecei a me perguntar: “Por que as pessoas odeiam tanto a saga Crepúsculo?”.

E foi aí que resolvi escrever este post.

Livro 01 - Twilight (Crepúsculo)

Crepúsculo foi lançado oficialmente nos EUA em 2005. Três anos depois, em 2008, chegou ao Brasil pela editora INTRÍNSECA.
De lá para cá, a série arrebentou de vender. Lembro-me muito bem de passar num dia em frente a livraria NOBEL da minha cidade e ver pilhas e mais pilhas dos livros da saga. E. no outro dia passar novamente e ver, bem, as pilhas quase que totalmente desaparecidas.

Crepúsculo foi um livro que você via as pessoas lendo na escola, na rua, no ônibus, no trabalho, nos pontos de ônibus e, se bobear até nas igrejas. Foi uma febre que explodiu, criou centenas de fãs para a literatura fantástica e mostrou aos adolescentes que ler não era aquele monstrengo terrível, de 50 cabeças e oitenta braços. Crepúsculo renovou o mercado literário no mundo todo.

E então, surgiram as adaptações cinematográficas.

Livro 02 - New Moon (Lua Nova)

O primeiro filme, Crepúsculo, foi um sucesso de bilheteria. Milhões de adolescentes, e adultos, invadiram as salas de cinema para verem aquele filme que prometia trazer algo totalmente novo sobre vampiros.
Eu já era, na época, viciado em livros, mas nem sabia da existência dessa série. Porém, quando assisti o filme, simplesmente pirei e corri atrás de todos os livros. Minha professora de Português, Milena, uma mestra superfofa e, sem preconceitos quanto aos novos livros que adentram o mercado editorial, foi quem me fez o favor de emprestar os livros. *-*

Confesso que devorei-os, um após outro, e só tive um desejo bem pequenininho de parar em LUA NOVA (concordemos, o livro é muuuito maçante, com a Bella se largando e rolando pelos cantos, toda depressiva), e uma pausa para aguardar o lançamento de AMANHECER.
Fora isso foi uma leitura ininterrupta e viciante.
Eu gostei.

Livro 03 - Eclipse

Mas ultimamente estou começando a questionar certas pessoas e, fico pasmo ao perceber que a maioria são colegas de profissão, escritores.
Eles e elas estão enchendo o facebook, o twitter, e todo o resto da internet com piadinhas maldosas e críticas infundadas a série Best-Seller.
Aí me pergunto, por quê?
Uma piadinha ou outra sobre a sexualidade do Jacob, a #PokerFaceForever da Bella, e o Brilho FadáStico do Edward, eu até engulo e dou risada. Mas uma coisa que me deixa de nervos latejantes é o fato de existirem MILHARES de críticas sobre a história. Críticas sem fundamento nenhum, não tenho medo de afirmar, #SãoPuraInveja.
Escritores nacionais que fazem livros superficiais, sem uma trama bem montada, e personagens nem um pouco cativantes, ficam falando mal de crepúsculo e dos seus “Vampiros que brilham”. Ficam dizendo que os vampiros mudaram muito, que não são mais os mesmos de sempre, que são gays.
Poxa! Acordem! Todos temos liberdade para criar as regras que quisermos para os nossos livros. Os seres que quisermos.
Muitos reclamavam da falta de criatividade dos livros, dos personagens clichês, das tramas igualitárias. E, quando Crepúsculo surgiu, foi exatamente isso que chamou a atenção. A capacidade de cativar do livro e, principalmente, renovar aquela literatura maçante da época.

Livro 04 - Breaking Dawn (Amanhecer)

Podem falar o quanto quiserem da cara eterna de Mosca-Morta-Passiva da Bella, das marcas de expressão do Edward (Leiam o livro e contem quantas vezes a Bella diz que ele franze o cenho), e do quanto Jacob é safadeenho. Mas vejam, essa é a personalidade deles, cada um tem o direito de ser como quiser, ser tão musculoso quanto puder e brilhar durante o tempo que desejar.

Uma dica que deixo aos críticos de plantão é: Os livros de vocês são tão bons quanto Crepúsculo? Antes de falarem mal deles, analisem suas próprias criações. Ah, antes de criticarem, LEIAM O MALDITO LIVRO! Já houve vários casos em que perguntei: Por que você odeia tanto Crepúsculo? Já leu o livro, pelo menos?
Os autores nacionais que tem livros de sucesso dificilmente são vistos criticando a série. (Agora vou me preparar para as pedradas) Mas, por outro lado, os que eu vejo falando muito mal dos livros são os que tem aquela escrita fraca, sem base, e criticam por pura dor de cotovelo.
Fica a Dica: Se Crepúsculo não houvesse surgido, e encantado milhares de leitores, arrastando multidões  para as livrarias, o mercado editorial estaria aquecido como está hoje? Provavelmente, não. Pois, para muitos, essa saga que milhares apedrejam sem fundamento nenhum foi a porta de entrada para o universo e a magia dos livros.

Livro 05 - A Breve Segunda vida de Bree Tanner

E, faço um apelo, PAREM DE PUBLICAR livros no momento de desespero. Esperem, amadureçam a história. Uma dica que recebi do amigo escritor, Luis Eduardo Matta foi: “Assim que terminar a escrita, deixe seu livro engavetado por uns 06 meses. Após pegá-lo novamente, verá que muitas coisas serão alteradas”.
No meu caso, alterei todo o contexto do que será o fim do livro, e muitas coisas nos personagens.
Quando comecei o blog, eu falava bem de todos os livros que recebia de parceria. Mas, atualmente, não estou mais com dózinha dos autores iniciantes, não humilho totalmente a obra, mas não deixo de ressaltar quando existem pontos a serem melhorados. Resumidamente, critico construtivamente.

Para encerrar, só posso dizer: PAREM DE FALAR MAL DE LIVROS, pelo simples fato deles terem feito sucesso e, o seu não. Lembre-se que isso não muda o fato de que a Stephenie Meyer está podre de rica e os livros dela são muito bons.

;)

Robert Pattinson e Kristen Stewart - Interpertam Edward e Bella nas filmagens.

PS: Se crepúsculo não faz o seu estilo, leia A HOSPEDEIRA. Um contexto bem diferente e, incrivelmente mais chocante. Recomendo muito!

Anúncios

60 comentários sobre “#EuCriei | Crepúsculo – Por que Tantos Odeiam?

  1. Comcordo com vc .
    Ó pessoal s nao gostam nao leiam , nao assistam aos filmes , leiam uma cois q tm aver com vcs . E s os vampiros sao diferentes sao atr melhores sabem porque? Porque e melhor vampiros assim mais calmos e diferente, ORIGINAISSS do q aquelas figuras demoniacas .
    Como disse agora a stephanie ta podre de rica enquant algins ficam s roend de inveja…

  2. “livros superficiais, sem uma trama bem montada, e personagens nem um pouco cativantes”
    Você sabe que esse comentário pode ser utilizado para a saga crepusculo? A própria autora define Bella como uma menina sem graça e idiota, e ainda sim é uma das meninas mais populares do colégio? Todos os problemas possiveis para as adolescentes são jogados na protagonista mais ainda sim todos a amam.
    Como se isso não fosse o bastante a moral que ele ensina é que as mulheres não devem viver sem o seu principe encantado e não sabem fazer nada.
    Você quer que respeitem o livro, mas você também tem de respeitar a opnião de quem não gosta.

    Obs: Eu li todos os livros, e posso criticar com segurança, SÃO HORRIVEIS!

  3. Amei o post!!!
    sinceramente falando, ainda não endendo essas pessoas q perdem seu tempo pra falar mal de uma série (livro ou filme) é absurdo.. Amo a saga Crepúsculo e tenho muito muito carinho por ela (sim, eu sou uma Twilighter)…Lua Nova foi o meu 1º livro, q comprei depois de assistir Crepúsculo..depois disso foram + de 120 livros lidos e comprados..Já li livros de q não gostei, nem por isso falo mal deles e respeito quem gosta…

    Outras duas verdades q li aqi:

    “essa saga que milhares apedrejam sem fundamento nenhum foi a porta de entrada para o universo e a magia dos livros”

    “Crepúsculo é Muito mais romance que aventura”

  4. Muito bom o texto, mas achei que tinha sido escrito por uma mulher XD Sem preconceitos nem nada, mas só fui descobrir que era homem quando li numa das respostas “Renato, ” lol Mas bacana o post, bem construtivo. Seguirei o blog from now on :)

  5. Muito bom seu post. Mas uma perguntinha besta…você não acha que a porta de entrada começou com Harry Potter? Porque assim, posso estar muito errada, mas, no meu círculo social, as pessoas que leram a série Crepúsculo foram aquelas que já tinham se (re)apaixonado pela leitura com HP. Sem entrar no mérito das histórias, tô perguntando mesmo como amante de livros acima de tudo. Não entendo metade do que tu entende sobre livros, mas você não acha que esse mercado editorial já estava alavancado pelo HP? E claro, sem tirar o mérito de Crepúsculo, que conseguiu segurar e aumentar esse mercado.

  6. Renato,

    Li seu texto e concordo com praticamente tudo!
    Meu primeiro contato com Crepúsculo foi através do filme, daí corri e li todos os livros da saga de uma tacada só. Gostei bastante do livro, da forma como ele é contado. A Bela é uma chata mesmo, mas não chata qnt a Kristen a fez parecer. Acho que o Edward tinha que ser beeeeeem mais bonito que o Robert Pattisson, e o Jacob está representado perfeitamente pelo Taylor Lautner. rs
    Quanto as pessoas que criticam sem ter nem lido o livro, é o que mais tem por aí…
    Mas eu já passei por isso com outros autores, como Paulo Coelho, por exemplo. No caso dele também acho que a inveja é graaaaande, eu pelo menos adoro os livros dele. E, pasmem, o cara virou Imortal, né!
    Agoro estou lendo Drácula, do Bram Stoker, e consigo entender pq as pessoas estranham tanto as vampiros da Steph, mas nem por isso a Saga Crepúsculo deixa de ser boa, né!
    Pra mim um livro sempre será um livro bom ou um livro ruim, nunca vou fazer da minha vida uma cruzada contra determinado autor ou livro. Não gostou, fecha o livro e vai ler outro, opção é o que não falta!

    =)

  7. Senti um desabafo ai hein? ;P
    HSAASHSADUIHDSIJASDIDIHGIDOSAF Crepúsculo para mim é uma bosta, sorry =/
    Eu li, e nunca achei nada tão …. apelador. A Bella consegue ser mais estúpida do que realmente é, e o Edward um corno^que vive de bate papo com Jacob.
    Só gostei um pouquinho de Eclipse, mas nada para dar nem 4 estrelas.
    A autora tinha tudo (personagens, cenas, ideias ótimas) para desenvolver uma história realmente empolgante e arrebatadora. Mas destrui toda faísca de ótima série. E ainda tem gente que compara com Harry Potter, sem contar que é uma série super original, tem 7 volumes. Não dfá nem pra comparar com 4.
    Eu tenho pra mim que a autora de Crepúsculo plagiou um pouquinho da L. J. Smith em Os diários do Vampiro. HUDSAASD
    Mas isso é assunto para outra discussão ‘-‘
    Adorei o post amigo, mas não me aguentei e tive que jogar na cara desses fãs alucinados, que a série deles não estão com nada USAIUSAIUASUAS
    Abração.

    Ewerton Lenildo – Academia de Leitura
    papeldeumlivro.blogspot.com
    @Papeldeumlivro
    http://migre.me/7FM59

  8. Eu não li ,pois néao faz o gênero de livros que leio,mas não posso criticar de modo algum,o que não li!
    Isso é inveja,incompetência e falta do que fazer(ler)!

  9. Concordo com relação a dor de cotovelo. Tem gente que pensa que só o que escreve é o que presta. Duvido muito. Temos que ter o bom senso de sermos realistas com nossas criações. O último que escrevi ficou guardado por uns dois anos. Quando li novamente vi que tinham coisas tão desnecessárias e sem sentido, que tratei logo de mudar. Amo a maneira de fazer os leitores primeiramente se sentirem cativados pelos personagens, talvez a pessoa continue lendo, mesmo que a história não seja uma grande maravilha, só para saber o desfecho de cada um (eu sou um exemplo vivo disso). E nessa saga, tanto os personagens quanto a história são cativantes. Parabéns pela coragem!

  10. Parabéns pelo post.
    Eu realmente tenho estado incomodada com a massificação das críticas sobre a saga, agora que o boom passou. Não se pode generalizar e afirmar que todo crítico é invejoso. Mas é fato que só tem direito de criticar, quem leu; e infelizmente conheço gente que critica sem ter lido. O problema é essa sociedade “maria vai com as outras”. Para criticar bem é preciso ter personalidade, conhecimento de causa e isenção. Essas são as críticas que eu valorizo. O resto, incomoda, mas não me atinge. Eu, como leitora, escritora e estudante de produção editorial, fã da saga, assumi a minha vocação para escrever graças a Stephenie Meyer e não tenho problema nenhum em admitir isso. E isso não tem nada a ver com a protagonista insegura Bella, tem a ver com a coragem da Steph. A história da autora me motivou a acreditar que tudo é possível. Ela nunca havia escrito nada! Nem um continho sequer e olha só…! Ela acreditou, inventou, reinventou, e, criticada ou não, tem seu mérito. Um mérito que ninguém lhe pode tirar: o de transformar leitores, escritores e o mercado editorial mundo afora. Sim, para mim, Crepúsculo, goste-se ou não, foi uma revolução literária exatamente no momento em que o mercado precisava sacudir e se expandir.

    Beijocas,

    Lu
    http://www.equinocioaprimavera.blogspot.com

  11. Ahhh, essa eu tenho que comentar HUAHUAHUAHA

    Adorei o post e concordo em muitas partes com vc! Eu li a saga quando ainda estava lançando o primeiro livro aqui no Brasil, como leitora compulsiva, nao tive paciencia pra esperar e acabei devorando os 4 livros em ingles mesmo e quando lançados comprei TODOS e até hoje são meus xodós em meio a tantos outros que tenho. VICIEI na saga e não tenho vergonha de dizer e até hoje sou fã, mesmo tendo 22 anos. Se as pessoas não gostam de um livro, tem todo o direito de criticar, mas claro, se tiver lido! Tenho um livro escrito, ja mandei para vaaaarias editoras e como ainda nao obtive nenhuma resposta, vou engavetar e num futuro voltar para ele…
    Enfim, amo a série e não critico QUEM NÃO É FÃ! Então eu acho que com o mesmo respeito que nós fãs os tratamos, tb queremos ser tratados. Não é minha série preferida, OBVIO, mas ainda amo o jeito que a Stephenie Meyer conseguiu conquistar milhares de fãs, pq convenhamos, todos gostam de um romance lindo, pq as vezes temos que sair da triste realidade q o mundo é hoje!
    Enfim, liberdade de opiniao e respeitar o que CADA UM gosta é o que todos deveriam fazer. ;)

    Parabéns pelo post Renato!!
    beeijos

  12. Parabéns pelo post Renato, por que você conseguiu expressar muito bem o pensamento de muitos sobre esse assunto.

    Apesar de não ser grande fã de saga Crepúsculo, li e vi todos os filmes da série, afinal quem tem blog de literatura YA precisa acompanhar essas coisas, e apesar de discordar em muitas coisas com a autora, acredito que o sucesso dessa série tenha sido devido ao fato da Bela ser exatamente essa boboca descrita nos livros, ou seja, uma garota que vive sua vidinha comum (escola, cuidar da casa, ler um livro…) o que no final é a realidade de muitas pessoas.

    Já do Eduard nunca gostei muito, mas por simplesmente detestar o tipo herói sofredor (paciência zero com eles), enquanto sempre achei o Jacob um pouquinho burro, e aquela história de andar sem camisa o deixa parecendo aqueles caras que beijam os próprios músculos na frente do espelho. Hehehe

    Concordo com você sobre o fato da série ter sim, sua importância no mercado editorial, já que sem ela provavelmente muitas grandes autoras e autores, não teriam encontrando um espaço para publicar seus livros, e as histórias YA continuariam fadadas ao esquecimento, com raras exceções como Harry Potter, que no inicio era mais infantil que YA.

  13. Cara, discordo seriamente de você em vários pontos.

    1 – Antes de eu criticar eu não preciso ver se meu livro é bom, ou mesmo se eu já publiquei algo ou não. Eu, como leitor tenho todo o direito de criticar quaisquer que sejam os pontos de qualquer tipo de livro, seja ele o fato de um vampiro gay que brilha ou uma explosão no espaço causado por uma nave qualquer que destruiu um alien. Se o fato me incomoda, eu vou criticar e falar mal. O que não é errado é atacar um livro sem conhecer, sem ter lido. No mais, não é por inveja que eu critico o livro, é por que eu não gosto e tenho meus motivos. Assim como há liberdade de criar a regra que quiser, eu tenho liberdade de criticar o que eu não gosto.

    2 – “Os autores nacionais que tem livros de sucesso dificilmente são vistos criticando a série.” Esse comentário é completamente desnecessário, além de ser uma inverdade monstruosa. Se tu estava preparado pras pedradas é por algum motivo :P

    3 – Com certeza absoluta o mercado estaria aquecido. O BOOM de crepúsculo aconteceu e passou (livros são vistos à venda em promoções por 20 reais a saga completa). Não acredito que algo mudou com ele e nem que a falta disso iria causar uma mudança drástica em qualquer ponto do mercado. Mas isso já é minha opinião e não um fato consumado.

    No mais, como disse, concordo quando fala que criticar sem ler é uma babaquice. Quem faz isso realmente está se sujeitando a ser ridicularizado. Mas o fato de eu ler e não gostar do que li me dá tanto o direito de criticar quanto você dizer que os autores são de escrita fraca ou sem conteúdo.

    Mas como disse, críticas pontuais são válidas. Dizer que o livro é uma bosta por qualquer motivo sem ter certeza do que lhe incomoda também é algo a ser ignorado.

    • Hahha!
      Wow!
      É, os autores famosos podem, e criticam, o livro. Mas não ficam fzendo isso a torto e direito. E, no caso de falar de autores com escrita fraca, menciono aqueles que, fazem romances sobre vampiros super toscos (Esses sim deviam ser criticados), mas se acham os Reis do Pedaço, só porque se manteram fiéis aos conceitos de “O que é um vampiro de verdade”. Sacou? hehe…
      E, concordo com vc. Criticar sem ler, é uma babaquice EXTREMA… hahaha!
      :P

  14. Bom, li o que você escreveu, e acho válida a sua opinião apesar de discordar de praticamente tudo. O livro não me passa pela garganta, e admito que quando o vi pela primeira vez, só a capa, achei que seria impressionante. Mas não foi. É um bom livro para adolescentes inseguras que sonham com príncipes encantados. A autora nada mais é do que uma boa manipuladora clichê, criou um esteriótipo que a maioria das meninas se encaixa (a bonitinha meio sem sal com baixa auto estima) em uma situação que todas elas gostariam de estar, no meio de homens lindos apaixonados por ela e que fariam tudo para salva-la.Porém é só disso que o livro se trata. Você disse que Crepúsculo inovou a cena vampiresca, mas meu querido, existem limites.. Não tem lógicas um ser morto engravidar uma humana e deles nascer um bebe semi-vampiro. Sem falar nos vampiros que brilham que na minha opinião é uma solução ridícula a fraqueza do sol, entre outras coisas. Admito que o livro trouxe sim mais leitores ao mundo fantástico, mas leitores que torcem o nariz pra Anne Rice e acham que Edward é o verdadeiro vampiro, são dispensáveis. Não passam de meninas esperando o seu final feliz tipicamente disney.

    • Vish! Ok, concordo em parte com o que você disse.
      Mas, esperar lógica de um livro vampiresco?
      Não existe lógica nem mesmo no ser “Vampiro”, acho que a imaginação não tem limites nesse caso.
      Bom, e chamar a maioria das meninas de Sem-sal e com baixa autoestima? Bom, se resolva com elas… kkkk
      Valeu pelo comment! Bjo!

  15. Olá, li por acaso esse post e adorei, Tenho quase 42 anos e acredite, sim, sou fã da saga rsss li todos e assisti aos filmes e to loucaaaaaaaaaaa pra ver o ultimo logo e uma coisa que vc falou la encima sobre escrever e engavetar eu digo que ja fiz isso, tenho um romance de literatura fantastica que “esqueci” na gaveta, agora 1 ano depois quando fui retomar acabei mudando quase a metade do livro rsss muito boa a dica!

  16. Você como fã tem todo o direito de elogiar a saga, mas dizer que as pessoas sentem inveja dela já é demais!
    Livros são feitos para serem elogiados e serem criticados. Se um escritor nacional criticar ele tem todo o direito. Se ele não gosta é problema dele, agora ser criticado por isso não é nada certo.
    Concordo com você na parte que você diz que antes de criticar deve ler o livro.
    Eu li e não gostei, sei que não tenho capacidade de escrever um, mas a obra não é boa para mim. Eu não mereço ser criticada por isso e nem ser chamada de invejosa.
    Acho que o mercado editorial estaria sim aquecido do jeito que está sem essa saga. Não é uma obra que munda o mundo editorial do planeta Terra.

    • Hum, concordo com você. Nem todos criticam por INVEJA, hehe. Se você leu, e não gostou, tem todo o direito de criticar. Eu mesmo, não amei a série toda, quando estava lendo o Lua Nova, por pouco não ateei fogo naquele bolo de páginas imensamente depressivo, Mas quando surgiu Eclipse tudo voltou ao ápice… hehe.
      E, já ouviu falar na teoria do Caos? O voo de uma borboleta aqui, pode gerar um tufão do outro lado do mundo?
      Se Crepúsculo não tivesse existido, bom… ninguém sabe.
      #Valeu Pela crítica… hehe!
      :*

  17. Adorei este seu post!
    Assisti aos 3 primeiros filmes, mas não li a saga ainda apenas por questão de ter uma fila enorme de livros. Não sou fã, mas quero ler. E concordo com o que você disse em relação a arrastar multidões às livrarias.
    Essa molecada endoidecida por Crepúsculo são os futuros leitores de Anne Rice e Bram Stoker. E eu tenho provas disso, pois vi em 2010, na Bienal de SP, uma baixotinha com um livro da Anne Rice debaixo do braço.
    Pior ainda são as pessoas que criticam a saga sendo que não chegam a ler 3 livros por ano. Que tirem sarro da purpurina dos vampiros, mas que pelo menos entendam a importância dessa obra (sim, obra!) no incentivo à leitura!
    Sendo bem sincera, eu acho que Crepúsculo é muito maior do que a boa historinha açucarada que ele conta.

  18. Aêêê!!! Até que enfim alguem teve coragem suficiente para dizer tudo isso!! Eu apoio sim sombra de duvidas! Eu tbm já me cansei de ouvir historinhas de pessoas INVEJOSAS dizendo que NÃO GOSTAM da saga, ao menos leram? Bem na verdade eu me inspirei muito na saga, no jeito que ela usou para escrever, confesso me apaixonei pela leitura, e digo mais sou SIM FÃ. Antes disso tudo eu nem gostava de nada de vampiros, e tbm não vou ser hipocrita em dizer que amo, não, eu amei a escrita e a forma da historia que ela desenvoveu. Eu vi em alguns blogs e resenhas, dizendo sobre alguns autores que comentam sobre Crepusculo, sinto muito, eu falo sim tambem! E se caso eu ouvir critica por isso, sinto muito. Tenho 25 anos, e não sou adolescente, gosto e acompanho loucamente a saga. Sem vergonha em dizer! Minha persinagem tem 26, e tbm eu a coloquei super fã da saga. Espero que todos apreciem a leitura, e saibam criticar! bjssss

    E vc está de parabens sobre esse assunto tão falando!! =)
    bjssssssssss

  19. Adorei a postagem, muito bem escrita e voce nao falou nada menos que a verdade! Eh inveja mesmo :D ah mas vamos combinar… a bella é a treeeeeva haha ow personagenzinha chata hehe de resto eu gosto muito, apesar de preferir o jake ao edward, mas eh coisa de personalidade mesmo. bjs e parabens!

  20. Parabéns você acabou de criticar o que ninguém tem coragem de criticar. Eu admito que li Crepúsculo, tenho todos os livros, e não me arrependi em momento algum de tê-los comprado. Vi muitas pessoas criticando a série, pessoas que não tem a capacidade de escrever um simples parágrafo com qualidade, que se achavam melhores que a Stefhenie Meyer, e me dava vontade de dizer: “Se você é tão bom, vai lá e escreve um melhor, ta perdendo a chance de ficar rico e famoso”.
    Admito que, apesar de gostar muito da série, meu livro favorito da Meyer é “A Hospedeira” que eu acho muito inovador e imensamente criativo, apesar de maçante em algumas partes.
    Parabéns mais uma vez.

    Beijo,
    @HLavelle

    • Hahha! Pois é, comecei a me enfezar com o pessoal criticando algo que, tipo, nem tinham lido.
      Leu? Não gostou? Fique à vontade para quebrar o pau.
      Mas, não leu? #FikNaSua. :P

  21. Oi Renato!!

    Excelente post, boa crítica, ótimos questionamentos levantados!
    No meio literário tem muita vaidade e competicao, gente se comendo viva para ter um pouquinho mais de sol, empurrando outras pelo abismo, no intuito de tomarem seus lugares. Amigo, é f…!!! Esse meio lit. é tao fechado, que quando alguem estoura a boca do balao (como foi o caso da Meyer), causa inveja em muita gente… Vc viu a febre que virou os livros sobre vampiros depois dela? Ok, há séculos os vampiros existem, mas diria que de alguma forma ela conseguiu revive-los, traze-los novamente ao mundo. Cópias e + cópias, todo mundo escrevendo o que ela fez (mas de uma “maneira diferente” com “vampiros diferentes”), balela!! Lorota! Muitos escritores se prostituiram, tentando alcancar o sucesso que ela conseguiu. Vc viu o escritor suíco apedrejando Paulo Coelho pq o brasileiro é o autor vivo mais traduzido no mundo? Ele diz no auge do despeito: “brasileiros deveriam dancar, ao invés de escrever livros”
    No entanto, sequer conheco o nome do escritor que fez tal crítica,.. qtos livros será que ele vendeu?? Inveja! O veneno que semeia esse meio artístico! Tem gente que deveria aprender a ler e a escrever, antes de apedrejar quem tem talento, e consegue brilhar (com sol ou sem ele)!

    Criticar é uma forma barata de se autoelogiar, difícil é reconhecer o mérito alheio e respeitá-lo, provar o próprio valor, sem precisar passar por cima de ninguém!

    Excelente!!
    Beijokas, “miguxo” haha

    • Valeu Geyme!
      Pois é, isso que eu digo, a concorrência literária está tão grande que os autores, ao invés de se ajudarem, estão começando a se comer vivos.
      Poxa, daí, quando não fazem sucesso, criticam os outros que fazem.
      Valeu por aparecer aqui!
      :P

  22. BRAVO!!!!! simplesmente BRAVO!!!! Que bom que existem pessoas como vc para dá uma sacudida nessas pessoas pequenas, que falam tão mal e que criticam a saga!!!! Eu sempre digo que essa gente que esculacham com os livros, não tem a menor noção de uma boa leitura. Não importa como seja a Bella, o Edward ou Jacob, por que é como vc disse cada um tem sua personalidade, mas a questão maior é a essência do livro, a história em si que é inovadora!!!! Vai passar cem anos e os vampiros do Crepúsculo sempre vão ser lembrados, comentados e conhecidos justamente por que são diferentes, com perfis diferentes do que estamos acostumados em vampiros, porém tão igualmente perigosos!!!!
    Você acertou em cheio, pois foi através de Meyer com sua inspiração e inovação que abriu as portas para a nova leitura, para renovar os leitores e para nova geração de leitores.
    Mas uma vez, parabéns por sua iniciativa de fazer essas pessoas abrirem seus olhos, se conscientizarem, expandir sua mentes alienadas e se conformarem que a Saga Crepúsculo veio pra ficar, gostando ou não e respeitarem isso!!!!!
    Arretado Renato, kkkkkkk….show de bola!!!!!
    Bjs.

    • Hahaha!
      De nada Sandrinha… :P
      Simplesmente achei que estava na hora de alguém começar a dar um basta nessa febre anti-crepúsculo, quando existe tanta coisa mais importante para o pessoal debater. ¬¬
      Beijo

  23. Ah, eu gostei muito do post, gostei da forma como impôs seu pensamento. Gosto de Crepúsculo, apenas. Não sou viciado ou apaixonado pela escrita da Meyer (isso é um verdadeiro fato), mas acho a forma como ela escreveu os livros super original. É uma história dela, e este é o papel de um escritor, criar história. Se fosse para escrevermos as mesmas coisas não seriamos escritores e sim máquinas de fazer cópias (xerox). Ela foi super original e talvez o fato de ela ter conseguido criar uma história que tirasse o fôlego de muitas pessoas é que incomoda os demais escritores brasileiro que nem fama (nem literatura original) têm. Acho que nós, em sua grande maioria, brasileiros achamos de por críticas e defeitos em tudo que se tornou sucesso. Mas o fato é que não procuramos amadurecer a nossa e enriquecê-la… Mas é como você disse: nada mudará o fato de que Meyer está riquíssima e os seus livros são um sucesso (o que todo escritor busca, e quem discordar de mim será um verdadeiro hipócrita. Pois NENHUM escritor escreve apenas com a hipótese de ter seu livro publicado, escreve para ser LIDO e LIDO em massa. Todo escritor sonha com seus livros adaptados para o cinema, ou virando peças teatrais ou até mesmo um musical. Qual escritor não quer chegar numa livraria e vê-la cheia de leitores enlouquecidos para ter seu autógrafo? Mas a verdade é que muitos escritores brasileiro, que são mal publicados dirá conhecidos, se acham as verdadeiras ESTRELAS da literatura. Pessoas de mente pequena)

    Parabéns ao post,
    Sucesso para o blog.

  24. Ameiii o post concordo plenamente com vc amoo a saga Crepúsculo
    as pessoas criticam sem ao menos conhecer
    Parabéns pelo post
    estou seguindo seu blog

    bjo

  25. YEAHHHHHHHHHHH!!!!!!
    Tambem ja tinha me perguntado isso, mas nao sabia responder!
    Poxa, crepusculo mudou o que o mundo pensa sobre vampiros sabe?
    Antes, vampiro era um ser do mal, falava vampiro, vinha Dracula na cabeca.
    Agora já não é mais assim, e muitas, MUITAS sagas famosas com romances entre vampiros e outros seres sobrenaturais vieram depois de crepusculo.
    Se tanta gente gosta, porque tantos que nem leram, ou que nao tem motivo criticam tanto?
    E outra coisa, os atores de crepusculo devem estar em casa rindo das piadas e jogando dinheiro pro ar (sem ofender eles).E o povo criticando ele.
    Cada um tem direito de gostar ou nao de uma coisa, mas nao falar mal de uma coisa que nem conhece né?Fala serio!
    A Titia Steph tambem lá rindo muito, o que ela lancar daqui pra frente vai ser sucesso.

  26. O que mais sentimos falta (eu principalmente como leitora) são de histórias inovadoras, que desfaçam o comum e transformem em algo novo e surpreendente! Por isso a saga é um sucesso e por isso eu morro de admiração pelo talento inquestionável de Meyer! Parabéns pelo post, Rê, super concordo com você!!! bjinhosssssssssssssssssssss

  27. Eu concordo com você. Conheço alguns autores de livros vampirescos que falam mal da Stephenie Meyer – mas foi graças à ela que me aprofundei nos livros. Foi graças a Crepúsculo. Hoje em dia, tenho 3 livros escritos e um está quase finalizado, e em momento algum falo mal da autora. Essas pessoas que criticam tem pura inveja do sucesso de Twilight. E nenhum deles conseguiu fazer uma trama com personagens impactantes.
    Mas, eles se esqueceram de algo: Crepusculo é uma história de amor; e não uma aventura.

  28. Nooooooossssaaaaa!
    Amei, amei, amei…
    Parabéns, escreveu tudo o que eu já cansei de falar e ninguém ouvia. O povo gosta muito de criticar a Saga e também os fãs, sem nem mesmo lerem os livros.
    Criticar por criticar é fácil, fazer igual ou melhor é muito mais difícil.

Comente! Sua opinião/crítca/sugestão é muito importante para nós!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s