Resenha | Trocas Macabras

TÍTULO: TROCAS MACABRAS

AUTOR: STEPHEN KING

TÍTULO ORIGINAL: NEDFUL THINGS

EDITORA: FRANCISCO ALVES

PÁGINAS: 558


King criou, King trouxe o fim. Prepare-se para a última história de Castle Rock.

Na cidade de Castle Rock é inaugurada uma nova lojinha. Seu nome, Coisas Necessárias. Seu dono e atendente, um simpático senhor de idade, o qual você ama e ao mesmo tempo sente uma sensação horrível logo na primeira visita. Mas o mais intrigante de tudo são os olhos do senhor Gaunt. Cada visitante enxerga uma cor diferente.
O primeiro visitante da loja é Brian Rusk, sua compra, uma figurinha de basebol autografada pelo jogador Sandy Koufax. O preço é uma verdadeira pechincha, algumas poucas moedas e a promessa de pregar um pequena peça, da qual ele não faz a mínima ideia do que é.
Mas esse é apenas o início. A cada dia, novos moradores vão adquirindo peças, comprando, comprando e comprando, todos eles pagando pouco e prometendo pregar um inofensiva peça em alguém.
E todo mundo continua comprando, pagando e realizando trocas, trocas que se mostrarão nem um pouco inofensivas e verdadeiramente macabras. Porque por trás de cada peça que é pregada uma pequena engrenagem se move, e logo toda uma máquina estará funcionando, uma máquina que depois que começa trabalhar não para até a Liquidação Total, o dia de maior venda do não-tão-inofensivo senhor Gaunt.

Prepare-se para se aventurar neste livro que mistura sentimentos como amor e ódio, deixando os aflorar e destruir o que vier pelo caminho, fazendo o leitor ansiar e temer por cada nova virada de página, poi a cada página que passa, novas coisas acontecem e o fim de Castle Rock fica mais próximo.

Um dos melhores livros de Stephen King, onde com grande estilo ele traz um fim a cidade que ele mesmo criou e que foi palco para os livros: Zona Morta, Cão Raivoso, Os Estranhos, O Corpo e O Cão da Fotografia.

A Capa: Mesmo sendo antiiiiiiiiiiga é muito interessante, achei esse livro por acaso na biblioteca, e como sou fanático por Stephen King já corri e peguei ele. Bom, a capa mostra a fachada da lojinha Coisas Necessárias, com a sombra do senhor Gaunt aparecendo na porta, e o mais intrigante é que na vitrine da lojinha aparece o reflexo do prédio da frente, e ele está em chamas. (Deduzam por si mesmos).

Uma palavra que definiria o livro: Escolha.

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha | Trocas Macabras

Comente! Sua opinião/crítca/sugestão é muito importante para nós!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s