Conto | A MUTAÇÃO

Eu entreguei. Entreguei todos eles. Eu não tinha escolha, achei que me salvaria fazendo isso, mas não. Meu destino está selado. Chegou meu fim.
A Mutação, como é chamada, se espalhou por meio de um simples vazamento. Uma usina nuclear deixou cair um certo tipo de toxina no rio. O nome dessa toxina era Klizeliwov ou X26NX, que se ingerida por seres humanos não causava efeito nenhum, isso até que essa toxina alcançou o mar. Local em que hoje não se entra ninguém. Todos os mares, lagos e oceanos do mundo estão cheios de verdadeiras monstruosidades.
Quando essa toxina alcançou o mar, ela deixou de ser inofensiva aos seres humanos, e passou a ser o maior pesadelo da história. Ela criou vida. Os cientistas dizem que isso se deu devido ao fato de que, quando a toxina alcançou as águas marítimas e entrou em contato com o sal marinho ela teve uma grande alteração em sua genética, e então se fixou no plâncton, logo depois abandonando-o como um ser totalmente independente. Então começou a catástrofe.
Geralmente, quando a água evapora, todas as impurezas permanecem no chão, nada evapora junto com a água. O que não é o caso da Klizeliwov. Digamos que ele “pega carona” quando a água evapora, isso quer dizer que, em poucos dias, a toxina havia se espalhado por todo o mundo.
O mundo de hoje não e mais o mesmo de algumas décadas atrás, ele está totalmente transformado. Os filmes em 4D já são realidade à um bom tempo, e hoje eles são o produto mais consumido no mundo, já que ele é a única maneira da humanidade saber como era o planeta antes de A Mutação tomar forma e devorar tudo.
Hoje em dia os carros voadores, robôs com I.A., paranormalidade, teletransporte e muitas coisas que antes eram apenas assuntos de filmes de ficção científica, já são realidade.
E nós que antes vivíamos atrás de descobrir alienígenas, agora descobrimos uma civilização inteira deles. Nós mesmos.
A Mutação alterou o D.N.A. de todos os seres vivos do planeta, ela geralmente se fixa nas células do corpo alterando o conteúdo genético da célula. Seres que antes não tinham capacidade de pensar ou se expressar, hoje falam, se movimentam e pensam. Um exemplo disso são alguns animais, e as árvores. Por isso hoje o desmatamento está controlado, não por causa da conscientização, mas pelo simples medo da morte. Se você derrubar uma única árvore, terá uma floresta inteira delas no seu encalço. E isso não é nada bom.
Hoje vivemos na era X-Men, isso mesmo. Esse nome foi escolhido em homenagem ao filme que retrata bem o início de nossa era. Aos poucos cada um dos seres humanos foi ganhando superpoderes. Mas logo a humanidade quase inteira tinha sido afetada. Exceto os Imunes, que eram pessoas que não podiam ser afetadas pela Mutação. Mas isso não era nada bom, já que pessoas assim acabavam virando verdadeiros ratos de laboratório. Sinto afirmar que um dia já tive amigos Imunes. Hoje estou só, e minha vida está prestes a ser ceifada.
Hoje a sociedade é dividida em várias raças. Existem os Trasportadores, Incineradores, Vampiros, Bestas, Clones, Videntes, Rastreadores, Imunes, Imuno-Ativos, e muitos outros. Mas a pior de todas é a raça dos Dominadores. Eles são a pior raça da humanidade. Eles têm o poder de controlar mentes. Isso é o que os faz serem os mais perigosos dos Alterados. Eles conseguem fazer com que os Trasportadores se teletransportem para dentro de si mesmos, fazem um Incinerador aceleras as próprias partículas se auto incinerando, fazem Vampiros ficarem sem se alimentar de sangue e esperam até que ele morra por falta de glóbulos vermelhos, fazem as Bestas se alto devorarem, os Clones se espatifarem contra paredes, os rastreadores ficarem seguindo rastros inexistentes até morreres de exaustão, e usam os Imunes e os Imuno-Ativos como ratos de laboratório.
Mas digamos que quase todos que são afetados pelo X26NX morrem muito rápido. Geralmente uma pessoa afetada pela toxina vive em média de 25 a 30 anos. Enquanto os Imunes vivem de 1 até 80, 90, 100 anos. Já os Imuno-Ativos não se sabe, até hoje nenhum deles morreu naturalmente, mas digamos que talvez eles sejam imortais.
Esse é o principal motivo para que tanto os Imunes quanto os Imuno-Ativos sejam caçados. Os cientistas do mundo todo querem descobrir o que há no DNA dessas pessoas que faz com que elas fiquem assim.
A diferença entre essas duas raças é que: os Imunes não são afetados pelo Kizeliwov, enquanto os Imuno-Ativos são afetados, porém não sofrem os efeitos colaterais. No caso a morte prematura.
Eu já tive amigos Imunes, na verdade eram quatro: Samantha, Guilherme, Wellington e Milena. Nós vivíamos meio escondidos em São Paulo. Digamos que a cidade grande é mais fácil de se esconder, já que os Decifradores não dão conta de ler aquela enxurrada de pensamentos. Nós vivíamos em paz.
Hoje a clonagem humana já é uma realidade. A guerra nuclear foi banida, já que já haviam mutantes demais para espalharmos mais substâncias tóxicas no ar. Voltamos a guerrear no estilo corpo-a-corpo. A única coisa que mudou foram os soldados, eles são Clones.
Quando a primeira clonagem de um ser vivo foi feita houve muita comemoração. Isso até que tiveram que sacrificar Dolly devido ao envelhecimento precoce.
A Mutação fez com que certas pessoas tivessem sua capacidade cerebral aumentada, foi o que gerou o grande avanço tecnológico e científico do mundo. Foi então criado o primeiro clone humano do mundo. Ele foi gerado no Brasil. Seu nome era Michel. O problema é que ele foi afetado da mesma forma que Dolly, Molly, Sally, Polly, e todas as outras ovelhas que foram clonadas antes de Diego e que terminavam com LLY. Ele envelheceu rápido demais, porém de um jeito pior, virou uma monstro. Ele morreu 5 anos após ter sido criado. Mas já estava do tamanho de um adulto. Porém sua mentalidade era bem limitada.
Então um cientista chamado David Salomon teve a brilhante ideia de usar os Clones na guerra, já que eles eram praticamente descartáveis, além de se desenvolverem rápido, não sentirem dor e serem muito fortes. Foi criado então um verdadeiro berçário de Clones. E havia mais uma característica dos clones. Ele nasciam todos do sexo masculino. Em mais de 50 anos de criação não existiu um único clone feminino. Ninguém sabe porque.

Bateram na minha porta.
Devem ser eles. Sinto alguém tentando controlar minha mente. Sinto as pontadas no cérebro. “Se entregue…” “Se entregue…”
Uma das coisas boas de se ser um Imuno-Ativo é que você consegue barrar sua mente, ao mesmo tempo em que estrangula a de quem está tentando te controlar. Um Imuno-Ativo tem todos os poderes gerados pela Mutação. Eu sou uma arma mortífera. E como sei que minha morte está próxima farei o maior número de vítimas possíveis.
Eu e meus amigos vivíamos felizes. Até que um dia eu senti que alguém estava rastreando-me. Dei um jeito e Espremi o cérebro daquele ser até a morte. Mas dias depois senti a mesma coisa novamente e então percebi que eles haviam voltado, a seguir meu rastro, porém com um contingente bem maior de rastreadores e todos eles convergiam até a nossa casa. Eu fugi sem avisar ninguém. Abandonei meus quatro amigos sozinhos.
Na verdade eu nunca acreditei realmente na história de que um amigo dá a vida por outro. Isso não aconteceu comigo.
Agora estou aqui encurralado. Mas eu não tinha escolha, se eu dissesse à eles que tínhamos que fugir, seria o mesmo que explodir fogos sinalizadores sobre a nossa casa.  O medo aumenta o sinal dos rastreadores. Mas acho que o meu medo foi suficiente para atraí-los até mim.
A única salvação possível é a floresta. Mesmo que eu fique algumas vezes em minha cabana próximo as árvores, não sei realmente o que poderia acontecer se eu me embrenhar na floresta. As árvores poderiam me matar. Ou não.
Samantha. Dizem também que o amor é capaz de tudo, uma nova mentira. Não fui capaz de ficar para salvá-la. E eu a amava. ainda a amo.
Na verdade não vou fugir. Talvez eu consiga me teletransportar e salvar meus amigos. Se eles ainda puderem ser salvos. Ouço alguém me mandar abrir a porta. Mas não não abrirei.

A casa está silenciosa. mas não há nenhum sinal de arrobamento. Vou até a sala. Os quatro ainda estão lá.
Mortos.
Não mortos não, dormindo. Apenas dormindo. Dou um abraço firme nos quatro. Eles acordam. Mas não dou tempo para eles reclamarem e me teletransporto.
Pelo jeito quem disse que uma pessoa é capaz de fazer qualquer coisa por uma pessoa amiga e amada estava certa.
Acabei descobrindo isso eu mesmo.
Não sei porque os Controladores não foram atrás de meus amigos.
Quem sabe eles perceberam que meu medo havia aumentado, enquanto os outros continuavam serenos.
Talvez eles perceberam que eu havia fugido, enquanto os outros continuavam dormindo.
Talvez eles pensaram que eles deviam dar prioridade para minha captura. Antes que eu fugisse.
Os outros ficariam para depois. Não havia como eles saírem da cidade. Eram Imunes. Lentos. Não liam mentes, não controlavam mentes, não se teletransportavam, não ateavam fogo as coisas, não ficavam invisíveis, não eram muito fortes. Enquanto eu era tudo isso. E mais um pouco. Eu era um Imuno-Ativo. Minha vida duraria para sempre (que eu saiba), minha capacidade cerebral aumenta a cada dia. Estou prestes a descobrir um jeito de fazer os Imunes se tornarem Imuno-Ativos, e o contrário também.
Continuei pensando na floresta. Bem no centro dela. Enquanto eu via uma atmosfera totalmente distorcida ao meu redor enquanto me teletransportava.

AUTOR: Renato Klisman

Anúncios

Um comentário sobre “Conto | A MUTAÇÃO

  1. A temática do conto é muito, mas muito atrativa. Está realmente de parabéns. Você conseguiu trabalhar com a trama e a deixar extremamente envolvente. No entanto, você ainda se mostra um pouco imaturo quanto à escrita, esta necessita um pouco mais de estudo gramatical e até mesmo de palavras novas, a fim de enriquecer seu texto.

    Porém, ainda assim é um ótmo texto. Está de parabéns.

Comente! Sua opinião/crítca/sugestão é muito importante para nós!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s